Agende uma consulta

O que as mulheres precisam saber sobre o autoexame da mama

O que as mulheres precisam saber sobre o autoexame da mama

No mês de outubro, o mundo se veste de rosa em prol de uma causa que merece toda a atenção: a conscientização sobre o câncer de mama. O Outubro Rosa é um movimento global que tem como objetivo alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce dessa doença que afeta milhões de vidas a cada ano.

Um dos pilares fundamentais dessa campanha é o autoexame das mamas, uma prática simples, porém, de grande relevância no cuidado com a saúde feminina. Embora não substitua a mamografia ou a consulta médica regular, o autoexame tem o seu lugar e merece a nossa atenção. Para explorar ainda mais essa prática e sua conexão com o Outubro Rosa, conversamos com o Dr. Luís Felipe Matiusso de Souza, Oncologista Clínico, gerente médico e responsável técnico do IOP (Instituto de Oncologia do Paraná), para juntos aprofundar nossa compreensão sobre a importância do autoexame e como ele se encaixa nesta campanha de conscientização.

Quando devo realizar o auto exame ?

O autoexame pode ser realizado em qualquer momento do mês, mas com um timing especial: É recomendado que as mulheres realizem o autoexame alguns dias após o término do ciclo menstrual. Nesse período, as mamas tendem a estar menos sensíveis e mais propícias para uma avaliação precisa.

  • A periodicidade é essencial: fazer o autoexame de forma regular é crucial. Embora na maioria das vezes não sejam encontradas anormalidades, qualquer alteração precisa ser avaliada. Isso significa que o autoexame não é uma prática esporádica, mas sim uma rotina a ser seguida.
  • Conheça o seu corpo: a prática do autoexame envolve a familiarização com as características das suas próprias mamas. Toque, observe e sinta as mudanças. Qualquer caroço, alteração na textura, saída de líquido ou qualquer outro sinal diferente do habitual deve ser reportado ao médico imediatamente.
  • O Outubro Rosa é mais do que apenas uma cor, é um lembrete de que a saúde deve ser prioridade. O autoexame é uma das formas de cuidar de si mesma e se manter atenta à sua saúde. Não apenas neste mês, mas durante todo o ano, é essencial lembrar que o cuidado com o amanhã começa hoje.

Quais dados são importantes ?

De acordo com dados oficiais do Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o tipo mais comum entre as mulheres no Brasil, correspondendo a cerca de 30% de todos os casos de câncer. Em 2020, foram estimados mais de 66 mil novos casos da doença no país. A prevenção e o diagnóstico precoce são armas poderosas na luta contra essa doença.

O Instituto de Oncologia do Paraná (IOP) apoia o Outubro Rosa e está comprometido em fornecer informações valiosas sobre a saúde feminina. Lembre-se de que o autoexame é apenas uma parte do cuidado com a sua saúde. Consultas regulares ao médico e a realização de ecografias e mamografias são igualmente importantes.

Neste Outubro Rosa, compartilhe essa mensagem com as mulheres que você conhece. O cuidado com a saúde é um ato de amor-próprio que merece ser celebrado e incentivado. Juntos, podemos fazer a diferença na prevenção e no combate ao câncer de mama.

Sobre o IOP – Instituto de Oncologia do Paraná:

Com quatro sedes estrategicamente localizadas em Curitiba (PR), o IOP (Instituto de Oncologia do Paraná) comemora seus 28 anos de fundação. Hoje a empresa faz parte de uma holding, o Grupo Med4U. Além do IOP, estão no guarda-chuva o Mantis Diagnósticos Avançados, o Valencis Centro de Paliativismo, o Centro de Pesquisas Clínicas IOP e o Oncoville, centro de radioterapia.

Destaques para a parceria com o Hospital Marcelino Champagnat, desde dezembro de 2021, assim como a parceria com o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Vale ressaltar que o IOP é a única clínica do sul do Brasil a fazer parte da Rede Einstein de Oncologia e Hematologia, para discussão de casos, troca de conhecimentos e encaminhamento de casos raros e mais complexos quando necessário.

Com 87 médicos no corpo clínico e 184 colaboradores, o IOP oferece os mais avançados tratamentos no câncer, conjugando Medicina de qualidade, tecnologia e humanização. Conta ainda com uma equipe multidisciplinar, incluindo Nutrição, Psicologia, Enfermagem e Farmácia para o enfrentamento positivo da doença. Os tratamentos de ponta ainda são beneficiados com diferenciais como cromoterapia, aromaterapia e musicoterapia.

Mais informações:

Mateus Leme

Rua Mateus Leme, 2631 B

(41) 3207-9797

Batel

Rua Saldanha Marinho, 1814

(41) 3207-9798

Oncoville

Marginal Rodovia BR-277, 1437

(41) 3099-5800

Hospital Marcelino Champagnat

Av. Presidente Affonso Camargo, 1399

(41) 3087-7600

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.