Agende uma consulta

Março Azul-Marinho: Prevenção ao Câncer Colorretal

Março Azul-Marinho: campanha lembra a importância da adoção de hábitos saudáveis para a prevenção ao câncer colorretal

A Organização Mundial da Saúde – OMS definiu o dia 27 de março como uma data voltada para o combate e a prevenção do câncer colorretal. A partir de então, ficou institucionalizado, no Brasil, o Março Azul-Marinho. Durante o mês são realizadas ações com o objetivo de informar a população sobre a doença, prevenção e diagnóstico precoce.

Estimativas do Instituto Nacional de Câncer – INCA revelam que o câncer de intestino é o segundo tipo mais incidente no país, tanto entre os homens quanto em mulheres, atrás do câncer de próstata e de mama feminina, respectivamente. Segundo o INCA, em cada ano do triênio 2023-2025 serão diagnosticados cerca de 46 mil casos novos de câncer colorretal, correspondendo a cerca de 10% do total de tumores diagnosticados no Brasil (excluindo-se o câncer de pele não melanoma).

O câncer colorretal é uma doença que geralmente começa como um crescimento anormal das células do intestino, inicialmente formando pólipos dentro do cólon ou reto, e que se não forem removidos, continuam crescendo e podem se transformar em câncer. Portanto, encontrar e remover pólipos através da colonoscopia pode prevenir o câncer colorretal.

Fatores de risco

Entre os principais fatores relacionados ao maior risco de desenvolver câncer colorretal, destacam-se:
. Idade: acima de 50 anos
. Histórico familiar e pessoal de câncer de intestino ou pólipos adenomatosos
. Dieta pobre em fibras
. Ingestão excessiva de carnes vermelhas
. Consumo de carnes processadas – salsicha, mortadela, bacon, linguiça, presunto, peito de peru, salame, por exemplo

  • Consumo de álcool
  • Tabagismo
  • Obesidade
  • Sedentarismo
  • Histórico pessoal de doença inflamatória intestinal (como colite ulcerativa ou doença de Crohn)
  • Alterações genéticas herdadas ligadas à polipose adenomatosa familiar (PAF) ou ao câncer de cólon hereditário sem polipose (síndrome de Lynch)

Saiba identificar os sintomas

Os sintomas comuns do câncer de cólon são:

. Sangue nas fezes
. Mudanças persistentes em seus hábitos intestinais – constipação persistente e/ou diarreia
. Dor abdominal
. Estômago inchado
. Perda de peso de forma inexplicável
. Vômito
. Fadiga e sensação de falta de ar

Como podemos prevenir o câncer colorretal?

O câncer colorretal é um dos que mais sofre interferência do estilo de vida e da alimentação, por isso adotar uma dieta saudável é medida preventiva, aliada a hábitos de estilo de vida equilibrados, como prática de atividades físicas e manutenção do peso correto. Uma boa dica é adotar uma dieta rica em fibras de produtos de origem vegetal, pobre em gordura saturada e diminuir o consumo de carnes vermelhas.

Lembrando sempre que o diagnóstico precoce aumenta as chances de cura e o tratamento é menos invasivo.

Siga o IOP nas redes sociais:

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.