Agende uma consulta

5 mitos e verdades sobre o tratamento com quimioterapia

Cada pessoa pode apresentar diferentes efeitos colaterais durante as sessões

Quando uma pessoa recebe o diagnóstico positivo para algum tipo de câncer a vida dela pode mudar de diversas maneiras. Na nova rotina que irá acontecer com os tratamentos, também surgem dúvidas sobre os efeitos colaterais. Entre os principais processos está a realização de quimioterapia como forma curativa dos tumores, sendo a mais temida entre os pacientes. Porém, mesmo com efeitos colaterais, a quimioterapia não é mais tão agressiva como em décadas passadas.

A oncologista clínica Caroline de Nadai, do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP, explica os principais mitos e verdades do tratamento com quimioterapia.

Todos pacientes em quimioterapia perderão o cabelo?
Não são todos os pacientes que apresentarão queda de cabelo durante o tratamento. Isso acontece pelo fato de cada tratamento ser individualizado e dependendo do caso, podem ser utilizados protocolos e doses de medicamentos diferentes para cada paciente.

O tratamento faz que o paciente ganhe peso?
Assim como a queda de cabelo, esse efeito colateral também irá depender do medicamento utilizado durante a quimioterapia.

Sempre terei náuseas e vômitos?
Além do tipo de medicamento utilizado, a sensibilidade e organismo do paciente também poderão definir se esses efeitos colaterais serão frequentes. Hoje temos medicações preventivas muito eficazes, que têm auxiliado a reduzir a incidência e a intensidade das náuseas causadas por alguns tipos de quimioterápicos.

Terapias alternativas podem substituir a quimioterapia?
O indivíduo pode recorrer às terapias alternativas para alívio de alguns sintomas decorrentes do tratamento, porém não devem abandonar a quimioterapia indicada pelo oncologista.

A quimioterapia pode causar infertilidade?
Não é uma regra para todos, mas em alguns casos pode acontecer. É fundamental, antes de iniciar o tratamento, conversar com o seu oncologista.

Lembre-se: cada tratamento é individualizado, por essa razão cada pessoa pode apresentar diferentes efeitos colaterais.

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.