A importância da equipe multidisciplinar no tratamento oncológico

20 de junho de 2022

Esses profissionais possibilitarão ainda mais qualidade, segurança e eficácia

O envelhecimento da população mundial, fatores de risco e maus hábitos de vida contribuirão para aumentar a cada ano o número de pessoas com câncer. Estimativas do Instituto Nacional de Câncer – INCA apontam que em 2022 serão diagnosticados mais de 450 mil novos casos no Brasil, se descontados os casos de câncer de pele não melanoma.

O câncer é uma doença complexa e que necessita de atendimento especializado, humanizado e personalizado, ainda mais em um mundo onde as novidades científicas e tecnológicas estão evoluindo constantemente. Para uma abordagem completa é fundamental a presença de uma equipe multidisciplinar.

A diretora de Operações, Sabrina Nunes Garcia, do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP, cita que o atendimento realizado pela equipe multidisciplinar irá possibilitar ainda mais qualidade, segurança e suporte holístico durante o tratamento e seguimento do paciente na instituição. “A atuação e acolhimento realizados pela equipe multidisciplinar são fundamentais na jornada do paciente oncológico, pois trarão diversos benefícios que refletirão positivamente no seu plano terapêutico, seja ele medicamentoso, assistencial e/ou de suporte. Nosso objetivo é realizar um planejamento completo por todos os profissionais da equipe, de forma sincrônica e direcionada, que atenda às necessidades dos pacientes em sua totalidade, que favoreça a sua participação durante todo o processo e a manutenção da sua qualidade de vida neste período”, afirma.

Confira como é composta a equipe multidisciplinar do IOP

Enfermagem: É responsável por acompanhar, acolher e assistir o paciente durante toda a sua jornada na instituição, desde o momento da consulta, realização do tratamento, até o momento de seu seguimento pós-alta. Os profissionais de Enfermagem são responsáveis por realizar a pré-consulta de Enfermagem, auxiliar os médicos nos consultórios, executar procedimentos técnicos, realizar a administração de medicamentos antineoplásicos e de suporte, orientar e monitorar as intercorrências e eventos adversos, realizando as adequações necessárias para que haja segurança nos procedimentos realizados.

Farmácia: É responsável pela preparação e dispensação de todas as medicações administradas aos pacientes diariamente, obedecendo a rigorosos controles de qualidade e atendendo a todas as exigências previstas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), garantindo a segurança do fluxo de abastecimento e uso racional de medicamento.

Nutrição: É a maior fonte de informação sobre a dieta a ser seguida, sendo capaz de orientar o paciente quanto aos possíveis efeitos colaterais. O profissional cuida da dieta e da orientação dos complementos, a fim de reduzir possíveis carências nutricionais, proporcionando um maior bem-estar, mais disposição e, consequentemente, uma qualidade de vida melhor.

Psicologia: Visa realizar atendimento psicológico ao paciente antes de iniciar o tratamento quimioterápico. Oferece, também, escuta e suporte emocional ao longo do processo de tratamento na instituição, conforme solicitação do paciente ou da equipe multiprofissional.

 

Buy traffic for your website