Agende uma consulta

Câncer de boca: conheça os sintomas e saiba como se prevenir

O câncer de boca ou oral é também conhecido como da cavidade oral e lábios. Maligno, afeta lábios, estruturas da boca, como gengivas, bochechas, céu da boca, língua – principalmente as bordas – e a região sob a língua. Os principais sintomas desse tipo de neoplasia incluem manchas brancas ou avermelhadas, feridas que não cicatrizam depois de 15 dias e nódulos no pescoço. Sangramentos, dificuldade para engolir ou mesmo falar podem significar um câncer já em estado mais avançado.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer – INCA, o câncer de boca é mais comum em homens acima dos 40 anos, ocupando a sexta posição na região Sul. Em mulheres, cai para a décima quarta posição. São esperados para este ano 15.190 novos casos, sendo 11.180 em homens, 4.010 em mulheres. O diagnóstico precoce e um tratamento assertivo são fundamentais para o aumento das chances de cura da doença.

De acordo com a cirurgiã bucomaxilofacial Caroline Ramos, do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP, “O câncer de boca vai dando sinais, não acontece de um dia para o outro. Por exemplo, são feridas que não cicatrizam, mancha vermelha ou branca, tipo afta, mas que não somem no decorrer de 15 dias. Nesse caso, a pessoa tem que ligar o sinal de alerta e procurar um especialista. Como cirurgiã-dentista, acabo detectando potenciais sinais de câncer de boca, aí é preciso confirmar o diagnóstico e, se for o caso, já dar início ao tratamento”.

Vale acrescentar que o tumor pode surgir na boca mas também na orofaringe, que é a junção da parte posterior da língua com a faringe. Mas neste caso há uma relação estreita com o vírus do HPV, que é papilomavírus. “As lesões de orofaringe costumam ser na borda lateral da língua, embaixo da língua (assoalho bucal), no lábio inferior, no céu da boca e na parte interna das bochechas”, cita a cirurgiã.

As formas de tratamento para esses tipos de tumor costumam ser cirurgia, radioterapia e quimioterapia, mas isso vai depender do estágio em que se encontrar a doença e sua localização. Neste caso, é indicada a consulta com um oncologista clínico especializado em cabeça e pescoço.

Fatores de risco
. Alcoolismo e tabagismo – alcoólatras e fumantes têm um risco aumentado de desenvolver câncer de boca e orofaringe;
. HPV;
. Gênero – o câncer de boca e orofaringe é mais comum em homens;
. Obesidade – manter uma dieta saudável ajuda na diminuição do risco de câncer de orofaringe e de laringe;
. Idade – a maior incidência é a partir dos 55 anos;
. Radiação UV – o câncer de lábio é mais comum em pessoas que estão expostas à radiação ultravioleta;
. Síndromes genéticas – algumas síndromes causadas por mutações hereditárias podem elevar o risco de se ter câncer de boca e garganta.

Formas de prevenção
. Evite fumar;
. Evite o consumo de bebida alcoólica;
. Faça uma boa higiene bucal todos os dias;
. Mantenha uma alimentação saudável;
. Visite regulamente o dentista;
. Use camisinha nas relações sexuais;
. Vacine-se contra o HPV;
. Use protetor labial ou chapéu de abas largas caso trabalhe exposto ao sol.

Tipos de tumor

Cerca de 90% dos cânceres de boca são carcinomas espinocelulares (epidermoides) e que apresentam como características serem invasivos, ou seja, as células do tumor penetram em camadas mais profundas da boca. Outro tipo é o carcinoma verrucoso, variante do carcinoma espinocelular, que responde a 5% dos tumores da boca. Esse tipo de tumor apresenta baixa agressividade e raramente produz metástases, porém pode se espalhar profundamente pelos tecidos vizinhos. Há também o câncer das glândulas salivares menores, que se desenvolve nas glândulas encontradas logo abaixo do revestimento da boca. Há vários tipos de câncer das glândulas salivares menores, como o carcinoma adenocístico, mucoepidermoide e adenoma pleomórfico, que apresentam benignidade, mas que podem evoluir e se tornar maligno.

Estimativas para o Paraná e Curitiba

Homens Mulheres
Estado Capital Estado Capital
Cavidade oral 680 70 230 30
Laringe 370 30 100 *
*Número de casos menor do que 20.

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.