Agende uma consulta

Congresso da BRASPEN voltado à nutrição parenteral e enteral tem participação de nutricionista do IOP

O BRASPEN traz diversas atualizações e novidades para a Nutrição Oncológica

Ocorreu em Maceió, entre os dias 23 a 26 de outubro, o XXIV Congresso Brasileiro de Nutrição Parenteral e Enteral da BRASPEN – Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral. Com foco em diversas áreas de atuação do profissional nutricionista, o evento trouxe recentes atualizações científicas e diretrizes que direcionam o serviço de maneira segura e singular.

Segundo Vanessa Dreher, nutricionista clínica do IOP, que participou do congresso, “Essas diretrizes norteiam as intervenções nutricionais dentro da área, focando especialmente nas particularidades dos nossos pacientes oncológicos e nas diversas fases do tratamento que o mesmo passa, sempre priorizando a sua qualidade de vida”.

Dentre as palestras apresentadas no evento, Vanessa destaca a de “Cuidados Paliativos no fim da vida” como uma das mais relevantes, dada a sua importância para a área e por se tratar de um tema bastante discutido no meio, o que vai ao encontro com o objetivo do IOP que é realizar o cuidado centrado ao paciente.

“Baseado no I Consenso Brasileiro de Nutrição Oncologia da SBNO, diversos protocolos que direcionam nutrição adaptada às necessidades sintomáticas do paciente foram citados, os quais destinam-se principalmente a proporcionar conforto e a melhorar a qualidade de vida do paciente oncológico, priorizando sempre as suas preferências e a comunicação com seus familiares”, aponta Vanessa.

Para a diretora de Operações do IOP, Sabrina Nunes Garcia, “A instituição prioriza a atualização e constante qualificação dos nossos profissionais técnicos, visando oferecer o melhor cuidado aos nossos pacientes e utilizando sempre as melhores práticas em todas as especialidades, focando na qualidade e segurança das nossas ações. Este evento traz diversas atualizações e novidades para a Nutrição Oncológica, não tenho dúvidas do quanto agregará ao cuidado aos nossos pacientes e oportunizará melhores conduções práticas e de qualidade para nosso setor de Nutrição”.

Vanessa cita, ainda, a “escuta” como parte fundamental do processo de individualização do cuidado e empoderamento do paciente frente ao seu plano terapêutico.

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.