Coordenadora de Pesquisa Clínica do IOP é aprovada para mestrado na UTFPR

12 de janeiro de 2017

Os colaboradores do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP sempre buscam crescimento profissional, o que resultará também em benefícios para a instituição como um todo. A farmacêutica e coordenadora de Pesquisas Clínicas, Marianne Ferreira Marinho, acaba de ser aprovada no processo seletivo de mestrado em Engenharia Biomédica na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) com o projeto em análise de imagem de PET CT e Tomografias de pacientes diagnosticados com melanoma maligno que fazem ou já fizeram uso da imunoterapia.

A farmacêutica explica que o processo seletivo da UTFPR aconteceu em três etapas: a primeira com o envio de Projeto Científico e análise de Curriculum Lattes, seguido por uma prova objetiva e outra discursiva, e finalmente a análise do Projeto Científico e entrevista. “O projeto apresentado teve como base a avaliação radiográfica de pacientes portadores de melanoma maligno em uso de imunoterapia. Durante o processo serão avaliados tanto tomografias, PET CT e ressonância, dentre outros exames de imagem utilizados para a avaliação de recorrência da doença no paciente.”

O mestrado que terá início em março de 2017 é muito importante para o Setor de Pesquisas e para os pacientes do IOP.  “Será muito importante obter o título de mestre, pois imediatamente remete a um profissional com grande aprofundamento científico, no meu caso, em avaliações de pacientes oncológicos. Além da oncologia, o mestrado da UTFPR abordará outros temas interdisciplinares que são muito importantes para o desenvolvimento do trabalho na pesquisa clínica e também para o conhecimento de outras áreas que estão relacionadas ao nosso dia a dia no IOP, mas que nem todo o profissional de saúde tem acesso: a área de exatas. Atualmente o avanço da medicina aliada à tecnologia de ponta faz com que cada vez mais nossos pacientes tenham o que há de melhor no tratamento do câncer e os profissionais envolvidos em todo o processo devem acompanhar todo esse avanço”, ressalta Marianne.

O ano de 2016 também finalizará para a coordenadora com outra conquista, a conclusão do MBA em Gestão Hospitalar. “Todo curso de gestão é essencial para profissionais que de certa forma possuem algum poder de decisão dentro de uma empresa. O MBA proporcionou-me uma visão mais nítida do IOP como um todo, dos novos processos e de muitas ações necessárias já implantadas. Ajudou muito também no esclarecimento do planejamento estratégico e norteamento do futuro da empresa com no