Agende uma consulta

Imunoterapia inovadora para tratamento do câncer de pulmão localizado

Anvisa aprova nova imunoterapia para câncer de pulmão localizado

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa aprovou em março o uso do imunoterápico pembrolizumabe para o tratamento adjuvante de pacientes com câncer de pulmão de células não pequenas (CPCNP) – em estadios IB (T2a ≥ 4 cm) a IIIA submetidos a ressecção cirúrgica completa e quimioterapia à base de platina.

O pembrolizumabe é uma imunoterapia muito utilizada no Brasil para o câncer de pulmão e também para outros tipos de tumores, como mama, bexiga, rim, colo de útero, melanoma. Agora, esse imunoterápico pode então ser incorporado como uma etapa adicional na linha do tratamento do câncer de pulmão localizado. Portanto, serão contemplados os pacientes tratados primeiro com uma cirurgia, seguido pelo tratamento quimioterápico.

“A inclusão desse medicamento representa um grande avanço para o tratamento do câncer de pulmão, uma vez que ele reduz de forma significativa o risco de o paciente ter uma recorrência do tumor, ou seja, ele tem aumentada sua chance de cura, e isso é um progresso e tanto”, afirma a oncologista clínica Rosane do Rocio Johnson, do Instituto de Oncologia do Paraná.

 

Siga o IOP nas redes sociais:

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.