Mamografia é o principal exame para o diagnóstico precoce do câncer de mama

19 de outubro de 2021

As campanhas de prevenção contra o câncer são de extrema importância para conscientizar a população sobre a necessidade da prevenção e do diagnóstico precoce da doença, já que se o tratamento iniciar no estágio primário do tumor, as chances de cura aumentam e os procedimentos são menos invasivos ou mutilantes. Desde 2002, o Brasil realiza a campanha Outubro Rosa, que tem como principal objetivo alertar sobre o câncer de mama.

Campanhas assim conseguem levar para o máximo de pessoas a ideia da prevenção, mas a população também deve colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante essas ações. Quando falamos do câncer de mama, é necessário que as mulheres criem uma rotina de exames, entre eles o autoexame e principalmente a mamografia, um exame de rastreamento muito confiável.

O mastologista e cirurgião oncológico Sérgio B. B. Hatschbach, do Instituto de Oncologia do Paraná — IOP, explica que o câncer de mama quando diagnosticado em estágios iniciais tem as taxas de cura elevadas, possibilitando a chance de sucesso no tratamento em mais de 90%. Quando a lesão é avançada, a curabilidade em cinco anos cai para 60%. “Por essa razão é fundamental que todas as mulheres com 40 anos ou mais façam a mamografia anualmente e, quando existe histórico familiar da doença, a faixa etária para início do rastreamento deve ser individualizada. As mulheres devem procurar especialistas para realizar os exames, independente de terem sintomas ou não. A prevenção ainda é fundamental para evitar tumores avançados e ter sucesso no tratamento”, aponta o médico.

O rastreamento é utilizado para detectar lesões pequenas, quando ainda não são palpáveis, e muito tempo antes que se manifestem os sintomas do câncer de mama.

Atualmente, podemos contar com a mamografia digital, mamografia em 3D, com recurso de tomossíntese e se necessário o profissional pode indicar a ultrassonografia e eventualmente a ressonância magnética.

Como é o exame?

A mamografia é um exame de raio x cujo equipamento é o mamógrafo, hoje disponível em todas as cidades brasileiras.

Dr. Sérgio Hatschbach reforça que “Com a orientação adequada, diagnóstico precoce, pode ser estabelecido o tratamento que permite o alto índice de curabilidade e dá oportunidade de procedimentos menos agressivos, com técnicas oncoplásticas, permitindo ótimos resultados estéticos”.