Agende uma consulta

Médica e mãe: a multiface de Caroline de Nadai Costa, oncologista clínica

Médica e mãe: a multiface de Caroline de Nadai Costa, oncologista clínica.

As mães médicas enfrentam desafios únicos relacionados ao planejamento familiar, gravidez, licença-maternidade, cuidados com os filhos, vida profissional, plantões, carreira. Sem esquecer, claro, que são esposas, amigas, irmãs, filhas, tias e como tal também têm suas responsabilidades. As situações enfrentadas no dia a dia são inúmeras, mas há que se seguir o caminho e saber que a rotina atribulada foi a escolhida e que adversidades serão superadas a partir do momento que vierem.

A oncologista clínica Caroline de Nadai Costa, do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP, relata sua história, desde a decisão de ser médica até o nascimento dos filhos, e conta como ela administra essa rotina. Confira os detalhes nesta entrevista:

Um chamado, a escolha, uma profissão

Desde as minhas primeiras memórias de infância lembro de querer ser médica, pois sempre gostei de cuidar das pessoas. Ao longo do tempo, na escola, era clara a minha afinidade com a biologia, também me sentia inspirada por médicos que admirava como meu pediatra e minha dermatologista.

Além disso, vivi a experiência de ter pessoas próximas com câncer, o que foi um fator determinante, pois aumentou o meu desejo de poder fazer a diferença na vida das pessoas, e eu sabia que ser médica era o que me faria mais feliz e realizada.

Rotina profissional intensa…

Hoje divido meu tempo de trabalho entre consultório, visita hospitalar, estudos, participação em congressos e preparação de aulas. É uma rotina intensa e exige tempo e dedicação.

Qualidade de tempo com os filhos

Eu amo ser mãe, os filhos são a razão e a renovação da vida. Por eles e para eles, procuro ser exemplo e uma pessoa melhor a cada dia.

Eles também sabem que a mãe deles ama o que faz e é feliz trabalhando. Inclusive sempre faço questão de reiterar isso para meus filhos, que sempre aceitaram bem a minha rotina de trabalho. Percebo que se interessam pelo que faço e sempre perguntam com carinho pelos meus pacientes.

Quando estou com eles, procuro dedicar tempo de qualidade e criar momentos de verdadeira conexão, conversamos, brincamos, lemos juntos, andamos de bicicleta, fazemos atividades ao ar livre e todas as noites rezamos juntos antes de dormir. Sempre tive em mente que tempo era importante, mas que a qualidade do tempo que passamos juntos é ainda mais relevante.

Alice e Arthur, seus filhos

A Alice está com 5 anos e o Arthur tem 3. Estudam no Colégio Everest, que é próximo do meu trabalho e da nossa casa, o que ajuda na rotina/logística familiar. Eu e meu marido nos revezamos para levá-los e buscá-los, mas contamos com ajuda de uma babá, que é nosso anjo da guarda nos momentos de apuro.

Lição de casa e lição de vida…

Eu gosto de poder ajudar as crianças com as lições, mas em casa dividimos. Meu marido, que também é médico, ajuda bastante. Poder contar com ele compartilhando as funções parentais torna a jornada familiar mais leve e mais prazerosa.

Desafios de ser mãe e ser médica

A maternidade e a oncologia são calcadas no cuidar – o cuidar do outro. Na oncologia, os pacientes precisam que tenhamos interesse, tempo, disponibilidade e dedicação. É o mesmo em casa. Então percebi que para ser mãe e poder fazer uma medicina de qualidade, precisaria focar minha área de atuação naqueles tipos de tumor que eu tenho mais afinidade, como os femininos, gastrointestinais e melanoma, e assim consigo dedicar o meu tempo para estudar e cuidar melhor de pacientes com essas patologias.

Valores passados de geração a geração

O maior legado que desejo deixar aos meus filhos é o mesmo que recebi dos meus pais, uma verdadeira educação, que inclui conhecimento, ética, solidariedade, gentileza, integridade. Em qualquer lugar do mundo, em qualquer fase da vida, acredito que quem tem uma boa educação tem tudo para ser feliz e bem-sucedido.

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.