Médico do IOP participa de encontro on-line sobre cardio-oncologia

9 de junho de 2021

Médico do IOP participa de consenso sobre o uso da multimodalidade de imagens na cardio-oncologia

O corpo clínico do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP sempre está presente em encontros importantes que visam trocar informações que possibilitarão um tratamento ainda mais preciso para os pacientes. Recentemente, o cardiologista Sanderson Cauduro, do IOP, participou de um encontro on-line que definiu o posicionamento brasileiro sobre o uso da multimodalidade de imagens na cardio-oncologia. Na ocasião, diversos especialistas discutiram maneiras para decidir e direcionar o uso racional de exames diagnósticos de imagem, principalmente, na prática da cardio-oncolgia.

“Os médicos participantes são escolhidos para que possam informar para os outros médicos que estão começando na especialidade cardio-oncologia como devem tomar suas decisões, entre elas a melhor forma de pedir os exames, como utilizá-los, como interpretá-los, quando esses exames vão ser válidos. Todas essas questões são importantes para direcionar o tratamento dos pacientes oncológicos; desde o diagnóstico, o acompanhamento e o prognóstico desses pacientes”, explica.

Os exames são excelentes fontes de apoio ao médico que precisará analisar não somente o quadro clínico dos pacientes, mas também os exames de imagem que vão dar um direcionamento para que eles mudem medicações, se devem manter ou não a quimioterapia ou, inclusive, se precisam adicionar uma medicação que proteja o coração. “As medicações utilizadas na quimioterapia são muito potentes, entretanto, algumas delas podem causar sequelas que irão interferir na performance cardíaca, fazendo com que o paciente fique hipertenso, com arritmia, insuficiência cardíaca, doença coronária e infarto, por exemplo. Por esse motivo, é fundamental acompanhar cada paciente de forma personalizada”, destaca Sanderson Cauduro.