Agende uma consulta

Novembro Azul: “saúde também é papo de homem”

Com diagnóstico precoce, a chance de cura do câncer de próstata chega a 90%

O mês de novembro é dedicado à conscientização da saúde do homem, com enfoque na prevenção e diagnóstico precoce dos tumores urológicos mais comuns na população masculina, como o câncer de próstata, câncer de bexiga e o câncer de pênis. O movimento Novembro Azul originou-se em 2003 na Austrália com a intenção de propagar mais informações a respeito à saúde do homem.

A campanha de 2022 da Sociedade Brasileira de Urologia tem o tema: “Saúde também é papo de homem” e reforça a importância da divulgação das informações para aumentar o conhecimento a respeito do tema para todos os homens, de forma a proporcionar, além da prevenção, o diagnóstico precoce também, o qual é muito importante, pois com a descoberta precoce do câncer de próstata tem-se a chance de cura de até 90%.

O câncer de próstata é segundo câncer mais comuns em homens no Brasil, conforme informações do Instituto Nacional de Câncer (INCA), sendo que na fase inicial pode não apresentar sintomas. Quando os sintomas estão presentes, mais comum nas fases avançadas, podem apresentar dores ósseas, sintomas urinários como dificuldade para urinar e aumento da frequência da micção no período noturno. Por isso a importância de procurar a avaliação médica para exames preventivos mesmo na ausência de sintomas. É recomendado que homens a partir dos 50 anos, ou dos 45, se houver histórico familiar, devem realizar anualmente o toque retal e fazer o exame de PSA.

Além do câncer de próstata, devemos lembrar também dos outros tumores urológicos, como o câncer de bexiga, que corresponde ao oitavo câncer mais comum em homens, que tem como principal fator de risco o tabagismo, sendo que a cessação do tabagismo é muito importante e reduz o risco de o paciente vir a apresentar a doença bem como de outros tipos de tumores. Em caso de apresentar sangramento na urina (hematúria) e/ou dor/ dificuldade ao urinar, o homem deverá procurar o médico para uma avaliação.

Outro tumor urológico é o câncer de pênis, em que a presença de ferida ou tumoração no pênis e/ou saída de secreção pela uretra deve chamar a atenção para uma avaliação médica. A prevenção consiste na correta higiene local, uso de preservativos, vacinação para o HPV e cessação do tabagismo.

A prevenção é a melhor forma de evitar os tumores urológicos, então procure ter uma alimentação saudável, realizar atividades físicas, evitar consumo em excesso de bebidas alcoólicas e evitar o tabagismo.

      Por Andressa Schuta Ribas, oncologista clínica do Instituto de Oncologia do Paraná.

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.