Saiba as 7 dicas especiais de higiene que os pacientes oncológicos devem manter para evitar doenças que ocorrem por contato direto

7 de novembro de 2016

A responsável pela equipe de Enfermagem e pelo setor de Quimioterapia da unidade Mateus Leme, Sabrina Garcia, dá as dicas para os pacientes em tratamento. Para a Organização Mundial da Saúde, a higienização das mãos é uma das seis metas de segurança voltadas ao paciente. “É muito importante que o paciente em tratamento oncológico faça a correta higienização das mãos, removendo impurezas como suor, oleosidade, células da pele que já estão mortas, por exemplo. Com isso é possível prevenir algumas doenças transmitidas por contato direto com vírus ou bactérias.”

Lavar as mãos deve fazer parte da rotina de todos nós e é um detalhe que pode fazer toda a diferença, por isso:

1 – Faça a higienização adequada das mãos;
2 – Higienize adequadamente os alimentos a serem ingeridos;
3 – Mantenha unhas limpas e curtas;
4 – Evite levar objetos e as mãos à boca;
5 – Não compartilhe objetos que não podem ser/estar higienizados;
6 – De preferência, não consuma alimentos que não saiba a procedência;
7 – Evite contato com pessoas que estejam doentes (gripadas, por exemplo), e ambientes fechados.

Vale salientar o item 4, pois é fundamental lavar as mãos antes de comer ou manusear alimentos e de efetuar qualquer ação que inclua o contato com mucosas corporais, como colocar e retirar lentes de contato, e após ter utilizado as instalações sanitárias, assoar o nariz, tossir ou espirrar, tocar animais ou seus dejetos, manusear resíduos como lixo doméstico, usar transportes públicos, contato com superfícies de ambientes hospitalares e clínicas onde existe movimentação de muitas pessoas.

 

LEIA TAMBÉM:

Tags