Agende uma consulta

Aromaterapia pode beneficiar a recuperação de pacientes oncológicos

Como a aromaterapia pode beneficiar a recuperação de pacientes oncológicos?

A aromaterapia, que basicamente é o uso terapêutico de óleos essenciais, é considerada um tratamento de saúde holístico que pode ajudar a fortalecer a mente e o corpo, proporcionando bem-estar. Os óleos essenciais estão sendo cada vez mais usados para compensar os efeitos colaterais dos tratamentos em pacientes oncológicos.

“Os óleos essenciais utilizados durante as aplicações de antineoplásicos e nas recepções das nossas unidades são dispersos por difusores. Quando inalados, eles atingem a região do cérebro responsável pelo controle das emoções, o sistema límbico, ajudando a aliviar os sintomas de ansiedade, dor, insônia, medo e depressão, por exemplo”, explica Adrielly Amorim, do Instituto de Oncologia do Paraná e enfermeira Responsável Técnica na unidade IOP-Oncoville. Vale dizer que a aromaterapia consta na relação das principais terapias complementares reconhecidas pela Organização Mundial da Saúde – OMS desde 1976.

O que são óleos essenciais?

Os óleos essenciais (OE) são compostos extraídos das plantas para preservar o seu odor e sabor e remontam à antiga China, Pérsia e Egito. A aromaterapia utiliza óleos concentrados feitos de partes de plantas que incluem flor, fruta, sementes, folhas, raiz e casca. Atualmente, existem mais de 400 óleos essenciais que são usados em perfumes ou cosméticos.

Alguns dos óleos essenciais mais populares são lavanda, alecrim, eucalipto, camomila, hortelã-pimenta, ylang ylang, manjerona, jasmim, limão, gerânio. Cada óleo essencial tem propriedades que trazem benefícios à saúde, como, por exemplo:

. efeito anti-inflamatório que pode ajudar com artrite e dor muscular

. ajuda a combater infecções

. ajuda com problemas de sono – insônia

. ajuda a diminuir a ansiedade

. faz a pessoa se sentir mais calma ou animada

Óleo essencial de limão atua no combate contra enjoos provocados pelo tratamento oncológico

O óleo essencial de limão auxilia no combate de enjoos e tonturas provocados pelo tratamento oncológico. Já o óleo de lavanda ajuda a reduzir a sensação de impotência, ansiedade e até início de depressão. O de alecrim é tônico, estimulante, alivia dores musculares e reumáticas, artrite, elimina toxinas, combate o cansaço, estimula a concentração mental, fortalece a memória. Outro óleo essencial bastante utilizado é o cedro, que ajuda no combate à ansiedade, tensão nervosa, medo e raiva. É considerado um óleo que “conforta”.

Muitos pacientes dizem que a terapia complementar ajuda a levantar o seu humor e melhora o bem-estar. Os óleos essenciais também podem ser usados na pele, em massagens. Como os óleos essenciais são solúveis em lipídios (moléculas de gordura), eles atravessam as camadas da pele e são absorvidos rapidamente. Podem ser usados como esfregação em algum local do corpo, como costas, pernas, na sola dos pés, óleo pós-banho e escalda-pés, por exemplo. Os OE alcançam a corrente sanguínea e agem de acordo com o seu objetivo.

Você sabe como usufruir da aromaterapia do IOP?

O projeto de Aromaterapia foi implantado no IOP no final de 2022 e visa complementar a terapia convencional e proporcionar bem-estar aos pacientes, familiares e também aos profissionais da instituição. Os aromas disponibilizados possuem propriedades de acalmar, estimular, cicatrizar e desinfetar, sendo indicados, também, para o combate à ansiedade, à insônia e para promover melhorias na pele. “Eles são ideais para ambiente hospitalar, e por esse motivo disponibilizamos difusores nas nossas recepções e nos nossos Centros de Infusões”, destaca Adrielly Amorim.

Para poder usufruir de mais este benefício de maneira individual, basta solicitar às equipes de Enfermagem dos nossos Centros de Infusões antes de iniciar a aplicação.

 

Siga o IOP nas redes sociais:

Tags

O IOP utiliza cookies e tecnologias semelhantes que nos ajudam a fornecer melhor experiência e navegação. Ao clicar no botão “Concordar” ou continuar a navegar em nosso site, você está ciente e concorda com o uso de cookies.